Pensando de maneira sustentável, fazendo com que os resíduos separados corretamente deixam de ser lixo, Mourão destacou que a coleta seletiva é o passo mais importante para reciclagem.

Com cobertura de 100% dos bairros, a coleta seletiva funciona meia hora antes da coleta de lixo domiciliar, atendendo três vezes por semana cada bairro da cidade. O sistema é administrado pela Secretaria de Serviços Urbanos e conta com  caminhões, motoristas e coletores pagos pela prefeitura.

Além da coleta domiciliar, a Secretaria de Serviços Urbanos elaborou um cronograma de coleta solidária, que abrange os órgãos públicos municipais, estaduais e federais, e disponibiliza cinco Ecopontos para recebimento de recicláveis e podas de árvores.