Empreender para crescer

Quando o assunto é empreendimento, Alberto Mourão é uma referência para muitos prefeitos do Brasil. Ele ganhou por oito vezes o prêmio de “Prefeito Empreendedor”, concedido pelo Sebrae.

Prêmio Prefeito Empreendedor

Mourão nunca ficou esperando que o crescimento econômico do País resolvesse os problemas e mudasse a realidade de Praia Grande. Ele acredita que uma das melhores oportunidades para mudar uma situação é durante uma crise, pois, nesse momento, a criatividade ganha ainda mais espaço para fazer a diferença na vida das pessoas.

Incubadora de Empresas – 2002

Mourão entende que, para gerar emprego, é fundamental que exista estímulo para o surgimento de novas empresas nos mais variados setores. Em Praia Grande, o número de micro e pequenas empresas chama a atenção. Em todas as suas gestões, Alberto Mourão sempre trouxe para cidade programas que orientassem e incentivassem pessoas a serem donas de seus próprios negócios. Atualmente, as MPEs são responsáveis por centenas de postos de trabalhos no município.

        Empreendedorismo

No últimos 30 anos, as micro e pequenas empresas (MPEs) estão desempenhando um papel cada vez mais estratégico na economia brasileira. Segundo estudo “Participação das MPE na economia nacional e regional”, elaborado pelo Sebrae e Fundação Getúlio Vargas (FGV), as MPEs, hoje, são responsáveis por 30% do valor adicionado ao Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Empreendedorismo com arte

Alberto Mourão sempre incentivou os artesãos a desenvolverem suas respectivas artes e vendê-las a turistas e moradores .

Com a criação da Lei nº13.180, que estabelece diretrizes para as políticas públicas de fomento à profissão de artesão, Mourão fez questão de dar ainda mais apoio aos profissionais do setor. Atualmente, Praia Grande conta com três espaços para feiras de artesanato, sendo que todos eles passaram por reurbanização. As reformas ultrapassam o valor de R$ 11 milhões.

Escola do Trabalho

Para mostrar que todos podem ser empreendedores, Alberto Mourão criou a Escola de Trabalho Elvira Fernandes, onde são oferecidos cursos para munícipes atendidos por programas sociais. A unidade existe desde 2003, com objetivo de atender a comunidade de maneira a valorizar o potencial individual, por meio de capacitação profissional e de incentivo ao empreendedorismo.

Ao mesmo tempo em que a Escola de Trabalho foi inaugurada, a Padaria Industrial foi revitalizada e ganhou equipamentos mais modernos, com capacidade para produção de pães em grande escala. Atualmente, produz 4 mil pães por mês. O alimento é enviado para os equipamentos da secretaria, como lar dos idosos, das crianças e dos moradores de rua.

Ao longo do ano a padaria ainda serve de sala de aula para o curso de auxiliar de padeiro, promovido pela Escola de Trabalho. No ano de 2018, mais de 100 pessoas foram atendidas pela Padaria Industrial. A unidade está localizada no Boqueirão.