Uma vida dedicada ao desenvolvimento social

Alberto Pereira Mourão nasceu em São Paulo, no dia 26 de abril de 1954. Filho de Diamantino Cruz Ferreira Mourão e Idalina da Conceição Pereira (ambos falecidos), é casado com Maria Del Carmen Padin Mourão, tem duas filhas e quatro netos.

Advogado, formado em Direito pela Faculdade Católica de Direito de Santos (UniSantos), Alberto Mourão é empresário da construção civil, sócio-proprietário da Mourão Construtora desde 1977.

Foi presidente da Associação Comercial de Praia Grande nos anos de 1986 e 87, depois de exercer por dois anos o cargo de vice-presidente dessa entidade. Em 91 e 92, atuou como provedor da Santa Casa de Praia Grande.

Mourão iniciou sua carreira política nas eleições de 1982, como candidato a vereador pelo então MDB. Na oportunidade era o mais jovem e foi o mais votado entre os candidatos. Cumpriu seu mandato de vereador de 83 a 88, presidindo a Câmara Municipal de Praia Grande no biênio 87/88.

Em 1988, foi eleito vice-prefeito. Foi secretário municipal da Educação de janeiro a setembro de 89.

Sua primeira eleição para prefeito ocorreu em 1992. Cumpriu o mandato de prefeito até 31 de dezembro de 96, liderando os quatro anos da administração que mudaram a imagem da Estância Balneária de Praia Grande.

Foi o primeiro presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas da Baixada Santista, escolhido em dezembro de 95.

Nas eleições de 96 fez seu sucessor na Prefeitura de Praia Grande com 85 % dos votos válidos.

De janeiro a setembro de 97, Alberto Mourão foi superintendente da autarquia Progresso e Desenvolvimento de Praia Grande (Prodepg).

Em 97, presidiu o Instituto de Desenvolvimento e Incentivo a Ações Sociais (IDEIAS). E foi o representante de Praia Grande no Conselho de Desenvolvimento da Baixada Santista (Condesb).

Em 98, foi eleito deputado federal pelo PMDB/SP, com 122.734 votos (o primeiro deputado federal da história da Cidade). Exerceu seu mandato até o ano 2000, quando foi eleito prefeito pela segunda vez. Na Câmara Federal, foi membro titular da Comissão de Viação e Transportes e da Comissão Especial de Reforma Tributária; presidiu a Subcomissão de Aeroportos; foi suplente da Comissão de Educação e titular da Comissão Especial de Reforma do Regimento Interno da Câmara Federal. Mourão foi o responsável pelo novo texto da Lei de Proteção a Vítimas e Testemunhas, sancionada pelo presidente Fernando Henrique.

Foi ainda 4º vice-presidente da Associação Paulista dos Municípios (APM) e integrante da executiva do diretório municipal do PMDB de Praia Grande.

Foi eleito prefeito da Cidade pela segunda vez nas eleições de 2000, obtendo 67.582 votos, cerca de 70% dos votos válidos, mandato que exerceu de 2001 a 2004.

Em 2003, foi reconduzido à presidência do Comitê da Bacia Hidrográfica da Baixada Santista.

Em junho de 2003 filiou-se ao PSDB militando e atuando pelo partido em prol da sociedade.

Nas eleições de 2004, foi reeleito prefeito para o período 2005-2008, obtendo 69.692 votos, mais uma vez com a marca de 70% dos votos válidos.

De 2005 a maior de 2011 foi coordenador-regional do PSDB na Baixada Santista. Presidiu ainda o Secretariado Estadual de Prefeitos do PSDB e é membro da executiva do Diretório Estadual do Partido.

Mourão presidiu ainda o Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), na gestão de 2006.

Em outubro de 2008, fez novamente seu sucessor na Prefeitura de Praia Grande. Nas eleições de 2010, obteve 104.433 votos na sua segunda candidatura a deputado federal, ficando com a 5ª suplência da coligação. Assumiu o mandato parlamentar em 14 de fevereiro de 2011, onde se destacou pela atuação na presidência da Subcomissão Permanente de Portos e Vias Navegáveis e pela apresentação de vários projetos nas áreas de Saúde, Segurança, Transportes, Educação e Empregos.

Na eleição de 2012, Mourão foi eleito para seu quarto mandato de prefeito de Praia Grande, obtendo mais de 78 mil votos, o equivalente a 62,45% dos votos válidos.

Em 2016 foi reeleito com 102.073 votos, equivalentes a 76.03% dos votos válidos. Em 2017 foi pela segunda vez presidente do Condesb com uma gestão marcada pela atuação metropolitana e importantes conquistas para a Baixada Santista. Em 2019 assumiu pela terceira vez a a presidência do Comitê da Bacia Hidrográfica da Baixada Santista.

HIGHLIGHTS

Formou-se em Direito, em 1982, na Universidade Católica de Santos, Santos- SP

Desde 1977 , Alberto Mourão atua como empresário da construção civil, época em que se tornou sócio- proprietário da Mourão Construtora.

1983 a 1988
-Na época, Mourão foi o mais jovem e mais votado entre os candidatos. Cumpriu seu mandato de vereador de 83 a 88, presidindo a Câmara Municipal de Praia Grande no biênio 87/88.

1986 a 1987- Presidente da Associação Comercial

1988 a 1992

1989 a 1992

Provedor da Santa Casa de Praia Grande -1991 e 1992

1993 e 1996- 1 º mandato

2001 a 2004- 2º mandato

2005 a 2008- 3º mandato

2013 a 2016 -4º mandato

20017 a 2020- 5º mandato

1999 a 2000
2011 a 2012

-Foi o primeiro deputado federal da historia de Praia Grande.
-Na Câmara Federal, Mourão foi membro de diversas comissões e responsável pelo novo texto da Lei de Proteção a Vítimas e Testemunhas, sancionada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso.

2006- Presidente da Condesb

2016 a 2017 – Pela 2ª vez, Alberto Mourão foi presidente da Condesb

Em 1995 foi eleito presidente do Comitê de Bacias Hidrográficas da Baixada Santista

Em 2003 foi reconduzido à presidência do Comitê da Bacia Hidrográfica da Baixada Santista